03 julho 2008

Coisas ao calhas

Às vezes fico a pensar: se terei um défice mental qualquer, se terei ficado presa na minha juventude, se vivo noutro mundo que não neste, se não vejo mal em nada e outros vêm sempre mal em tudo, se gostaria de ter mais liberdade ou não, se..., se..., se...

É que o que me dá mais prazer são as coisas simples e pequenas... Já perdi o medo em me afirmar e fazer aquilo que gosto, sem ter de estar sempre a pensar se vou magoar, ou melindrar quem quer que seja. Agora é seja feita a MINHA vontade (q.b.). Se os outros se afirmam porque não me hei-de eu afirmar. Claro que assim a vida fica mais difícil, mas... Agora vou... tenho que ir fazer qq coisa, senão...

1 comentário:

Magnólia disse...

Eu também acredito no Deus das Pequenas Coisas. São essas que me conseguem fazer verdadeiramente feliz, por que são essas pequenas coisas (sejam gestos, afectos, sorrisos,lágrimas) que são genuínas!
Um bj e boa semana!